Receitas Veganas e Saudáveis Fáceis de preparar, livres de crueldade e cheias de criatividade! ;)

Quero inspirá-los a adotar, de uma maneira leve e tranquila, uma dieta saudável, saborosa, criativa e livre de crueldade! Como terapeuta ayurveda, tenho a responsabilidade de trazer opções práticas das recomendações nutricionais que apresento na clínica. E como professora de Kundalini Yoga, tenho a responsabilidade de apresentar opções de refeições que auxiliem as práticas e um estilo de vida mais “ióguico”.

Algumas condições abraçam meu estilo de vida e por conseguinte todas as receitas que são aqui publicadas. Vale a leitura atenta a esse artigo, pois não vou repetir essas “regrinhas” nas receitas, ok? Se você já leu, role até o final da página para acesso direto às receitas. Vamos lá! ;

# 1

Todos os preparados são veganos, ou seja, não possuem qualquer tipo de proteína animal entre seus ingredientes. Carnes vermelhas, frangos, peixes, ovos, leites e queijos são itens que estão fora das minhas receitas.

Essa escolha se dá por três princípios básicos: ética, saúde e meio ambiente. A ética vem no reconhecimento de que não tenho o direito de causar o sofrimento e a morte de animais, que tem o mesmo direito à vida do que eu. Somente posso falar de paz se o alimento que chegar à mim não tenha uma carga energética de crueldade e sofrimento. Uma alimentação sem carne, sem ovos e sem leite e derivados traz benefícios ao organismo, me “obriga” a ter mais cuidado com a minha alimentação e me afasta de muitas opções não saudáveis que estão sempre disponíveis por aí. E finalmente a questão ambiental está no forte impacto negativo que a criação de animais causa ao meio ambiente, tanto em nível local quanto global. Tive a oportunidade de atuar intensamente na agenda ambiental por mais de 15 anos, tanto”do lado” da iniciativa privada, quanto do governo e da sociedade civil, e posso afirmar que dessa maravilhosa experiência o mais valioso resultado é a maturação da minha consciência em optar por esse estilo de vida.

# 2

O glúten também não é encontrado na maioria das receitas apresentadas aqui, com exceção de alguns cereais que o contem, mesmo que por “contaminação cruzada”, como por exemplo a aveia (que tem disponível na versão sem glúten). Como se sabe, o glúten é uma proteína indigerível pelo ser humano, altamente alergênica e que pode desencadear uma série de problemas no seu organismo, em especial no intestino. Mesmo que você não seja celíaco, sugiro fortemente que reduza o glúten da sua dieta. Ademais, ao reduzir o consumo do glúten automaticamente estar-se-á reduzindo a ingestão de uma ampla diversidade de “gêneros alimentícios” não saudáveis.

# 3

O azeite que utilizo nos preparados são extra virgem e os óleos vegetais não são refinados. A questão que envolve o aquecimento do azeite é relevante e por isso busco agilizar o processo do refogado, por exemplo, para que o azeite não alcance temperaturas muito elevadas. Todos os óleos prensados a frio são recomendáveis, lembrando que seu sabor pode alterar o resultado final da receita.

# 4

É preciso que os grãos, em especial as leguminosas (feijões, ervilha, lentilha, grão de bico, soja, etc) sejam imersas na água por pelo menos 8 horas. A água utiliza deve ser desprezada e, se possível, trocada algumas vezes durante este processo. Esse procedimento é necessário para eliminar o fitato, substância que pode reduzir a absorção de minerais, como ferro, zinco e cálcio.

# 5

Você já viu no meu Instagram nomes engraçados como: linhovo, vegshake, bananuts e então sabe que sou cheia de graça para dar nomes às receitas! 😁 Vou querer o seu auxílio nisso aí! Depois te conto como vem ser sua participação! 😉

# 6

Venho buscando fazer referência ao peso dos ingredientes, mas nem todos tem balança em casa e isso pode ser também um obstáculo. As medidas em xícara e colheres não são exatas, mas o risco é minimizado se você utilizar medidores. Eles estão disponíveis em vários formatos e preços por aí!

# 7

Não desanime se o resultado do seu preparado não for exatamente como você esperava. Já fiz panquecas que viraram crackers, patês que viraram caldos, farofas que viraram bolos salgados e várias outras aventuras. A cozinha é um laboratório, um lugar onde você deve ficar à vontade e arriscar! Mantenha a firmeza, seja seguindo uma receita, criando algo novo, substituindo um ingrediente….siga em frente com segurança! Penso que na cozinha não há falhas, mas sim novas descobertas e aprendizados!

# 8

Por meio da  Ayurveda compreendemos que as emoções em desequilíbrio são a principal causa de doenças. Por isso a ideia é unir saúde com flexibilidade, sem rigidez. Se a receita levar molho de tomate, por exemplo, e você só tiver o industrializado em casa, siga em frente sem peso na consciência!

Minha intenção é que você aprenda a conciliar saúde com diversão, sem prejudicar sua vida social, sem ansiedade e sentimento de culpa quando comer/fizer algo não seja tão nutritivo. Aqui você também encontra receitas de sorvetes, de salgados de forno, de VegShakes, chips de batata e muito mais! Ser saudável é ser feliz e reconhecer a diversão em todos os momentos da vida!

# 9

Lembre-se sempre de lavar as mãos e prender os cabelos para iniciar qualquer preparo na cozinha. Se estiver chateado, irritado, ou com alguma emoção não positiva, afaste-se da cozinha até que seu humor volte ao equilíbrio. Vá meditar, caminhar, respirar, lavar o rosto….nem que seja por apenas alguns minutos. Ao cozinharmos, depositamos toda a nossa energia na comida. Por isso antes de começar qualquer aventura culinária já ligo o som com uma música calma, normalmente mantras, músicas clássicas, instrumentais, etc. Esse hábito me auxilia a manter a concentração e os pensamentos elevados e torna o cozinhar ainda mais divertido! 🙏🏽

Agradecimento #1

Gostaria de agradecer aos vários cozinheiros saudáveis que me inspiram a desenvolver as receitas, apresentam dicas valiosas e me estimulam a continuar na arte de cozinhar e ensinar.  Sou seguidora assídua de Bela Gil (Bela na Cozinha), Paula Lumi (Presunto Vegetariano), Alana Rox (Diário de uma Vegana), Regina Tchelly (Favela Orgânica), dentre várias outras poderosas sementinhas! <3  Vale a pena conhecê-los!

Agradecimento #2

Agradeço a presença de vocês no blog, que venho cuidando com dedicação, seriedade e carinho! Todas as críticas e comentários são bem vindos! Conto com vocês para divulgar as receitas e espalhar saúde por aí! Paz e luz!  Paula 💚

A soja como um aliado à sua saúde

A soja é um alimento nutritivo e bastante indicado para determinadas fases da vida . Mas, infelizmente,  a grande maioria da soja disponível atualmente é transgênica, o que a torna um “alimento” não saudável,...

0 comments

Bifum: alimento saudável, prático e saboroso!

Uma ótima opção para quem é celíaco ou quer consumir menos glúten, o bifum é um macarrão oriental feito a partir de uma massa muito fina,  com farinha de arroz e água, sem qualquer outro ingrediente adicional....

0 comments

Bolinho de Cenoura

Esse bolinho fica macio e oferece aquela doçura confortante, que lembra casa de vó! Você vai precisar de: 1 cenoura grande picada (cerca de 300g) 3 colheres de sopa de linhovo (farinha de linhaça)...

0 comments

Chá de Fenogrego: sementinhas poderosas!

As sementes de fenogrego são usadas em muitos pratos na Índia devido aos seus nutrientes e é usado para o tratamento de artrite, asma, bronquite, etc.

0 comments

Como substituir a farinha de trigo em pães e bolos?

Como já comentei aqui na página inicial, farinha de trigo é um veneno para a saúde. Sempre a substituo por esse mix de farinhas e quase sempre dá certo! Algumas vezes o preparado ficou...

0 comments

Inhamoque (Nhoque de Inhame)

Receita de nhoque de inhame vegana e sem glúten. Fácil de preparar, nutritiva e super saborosa!

0 comments

Kefir: probiótico que melhora seu humor e é uma delícia!!

A importância da flora intestinal saudável! Aprenda o que é o Kefir, seus benefícios e como utilizá-lo no seu dia-a-dia.

10 comments

Kichari: delicioso e saudável!

O Kichari é delicioso, desintoxicante, saudável e super simples de preparar. É fácil de digerir, limpa as paredes do intestino e é altamente nutritivo.

0 comments